Feira reúne startups e grandes empresas de Santa Catarina

Cerca de 90 startups apresentarão produtos desenvolvidos durante a quinta edição do programa de empreendedorismo do governo estadual e terão a oportunidade de conhecer melhor empresas já consolidadas em Santa Catarina entre as 8h30 e 13h30 do dia 12 de junho, na I Feira de Negócios do Programa Sinapse da Inovação. Promovido pela FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), em parceria com o Sebrae/SC, FIESC (Federação das Indústrias de Santa Catarina), Acate (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia) e Fundação CERTI, o evento é uma das ações programadas para o fechamento da pré-incubação dos projetos apoiados pelo Sinapse da Inovação, no qual as startups receberam recursos financeiros, capacitações e suporte para desenvolverem seus produtos e negócios.

Na ocasião, as startups apresentarão para empresas e investidores suas soluções com aplicações para setores como Administração Pública; Agroalimentar; Bens de Capital; Construção Civil; Economia do Mar; Educação; Energia; Meio Ambiente; Móveis e Madeira; Produtos Químicos e Plásticos; Saúde; Segurança; Têxtil e Confecção; Turismo. Também será realizado o lançamento oficial da iniciativa entre o Sebrae e a-Embrapii, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, cujo objetivo é apoiar o desenvolvimento de projetos de inovação de pequenos negócios que atuam na cadeia de valor da indústria, aproximando-os de instituições de excelência em pesquisas científica e tecnológica credenciadas pela Embrapii. Os projetos poderão ser apresentados por MEI, Micro empresas, Empresas de Pequeno Porte e startups de base tecnológica.

Resultados do programa

O Sinapse da Inovação é considerado o maior programa de empreendedorismo do país. Em cada edição regional, o programa recebe mais de mil ideias inovadoras, fomentando a cultura do empreendedorismo.

Desde o seu lançamento até a 5ª edição catarinense, em 2016, o Sinapse da Inovação apoiou a criação de 385 empresas em Santa Catarina, das quais 72% estão ativas no mercado com um faturamento estimado de mais de R$ 100 milhões no último ano. Além disso, o programa incentivou a formação de mais de 350 relações de parcerias entre startups, universidades, grandes empresas e toda a rede de incubadoras do estado.

Em 2015, o programa começou sua primeira operação fora do estado, lançando o Sinapse da Inovação Amazonas, em parceria com a Fapeam (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado do Amazonas). No local, o programa recebeu a inscrição de 1.188 ideias inovadoras em sua edição piloto, das quais 28 foram contempladas com R$ 50 mil em subvenção. Neste ano, o programa ampliou sua atuação para o Sudeste, onde realiza a primeira edição do Sinapse da Inovação Espírito Santo, em parceria com a FAPES (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo).

Fonte: Coordenadoria de Comunicação da FAPESC com dados dos organizadores

Deixe uma resposta

Share This