[et_social_follow icon_style="simple" icon_shape="circle" icons_location="top" col_number="auto" spacing="true" outer_color="dark"]

AMFRITEC mapeia vagas em empresas de tecnologia nos 11 municípios da AMFRI

AMFRITEC mapeia vagas em empresas de tecnologia nos 11 municípios da AMFRI

Desde segunda-feira (20), o projeto Amfritec está levantando o número de vagas disponíveis nas empresas ligadas à tecnologia e inovação da região e a previsão de postos abertos daqui a seis meses. O projeto é uma das ações de estímulo à inovação que vem sendo realizadas pela UFSC e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) na Foz do Itajaí. A intenção do projeto é identificar as funções em que há maior escassez de mão de obra e proporcionar cursos de qualificação para a colocação de profissionais no mercado.

O modelo do Amfritec é baseado no método de trabalho do Programa Geração TEC, desenvolvido pelo Governo do Estado de Santa Catarina e que já realizou mais de seis mil capacitações desde 2011 para jovens e adultos, inclusive em municípios da Foz. A iniciativa fortalece o ecossistema de inovação e antecede as ações para a operação do Centro de Inovação Regional de Itajaí, em uma sinergia entre universidades e governo, que deve ser inaugurado no segundo semestre de 2019.

No mapeamento de vagas, primeira etapa do Amfritec, serão contatadas empresas dos 11 municípios para levantar as vagas existentes e as perspectivas de novas vagas no médio prazo. As empresas poderão apontar suas maiores demandas relacionadas a funções e habilidades dos colaboradores, além das linguagens de programação mais utilizadas.

Com as informações em mãos, a equipe do programa desenvolverá a ementa dos cursos e realizará o processo seletivo, segunda etapa do Amfritec. Os cursos são gratuitos e têm curta duração, voltados a um público a partir de 17 anos. Durante as aulas, os alunos recebem acompanhamento pedagógico a fim de reduzir a evasão e melhorar a possibilidade de empregabilidade dos participantes.

“Este conjunto de ações irá preparar pessoas e a comunidade para a nova economia, dando condições para a região de Itajaí prosperar e se destacar em um futuro em que a inovação será o motor da geração de emprego e oportunidades”, espera a coordenadora do projeto, a professora Valéria Bennack, do campus da UFSC de Joinville.

A Universidade Federal de Santa Catarina e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) estão injetando R$ 4,4 milhões em um conjunto de ações para o desenvolvimento econômico a partir da inovação. Os municípios contemplados são os mesmos associados à Amfri: Balneário Camboriú, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Penha, Piçarras e Porto Belo.

As outras ações da parceria entre UFSC-MCTIC para a região da AMFRI são eventos de capacitação e palestras para empresas sobre Cultura de Inovação, incubação e startups e a ação “Programando o Futuro”, para o ensino de linguagem de programação a crianças de 8 a 12 anos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *